com as mãos nos bolsos

livros
Standard

Isto está de mal a pior de tal forma que ontem me senti aborrecido. Eu aborrecido é uma novidade. Sem vontade para ler, escrever já não o faço há meses, para ver um filme e/ou uma série. Sem vontade para tudo e para nada.
E quando este sentimento nauseabundo se hospeda em mim leva-me a formatar alguns comportamentos, atitudes. Limpar o disco mental. Começar do zero. Desaparecer do contacto real e virtual. Assim, terminei a conta no Flickr que tinha desde 2006 ou 1996?? Não acedo ao Facebook e ao Twitter desde o início do mês e removi essas contas do telemóvel.
Tenho na mesa-de-cabeceira uma pilha de livros que fui, ontem, colocando de parte – zero vontade, total aborrecimento. A partir de certo momento parei de procurar. Stop obsessão.

Sei que o apetite irá despertar a qualquer momento e aí estarei numa curva ascendente – voraz!

Hoje chegou uma nova remessa de livros. Novidades para breve ou talvez não.

livros

a nova remessa

de lado – 0042

Standard

Hair loss comes in all shapes and sizes, and can be caused by many factors.
“The book” isn’t a hair loss treatment, but can be used to stimulate your life and improve the health of your brain – just saying.

from the perverse mind of paulo brito

coisas de maio, 2017

Standard

As leituras de alguns fins-de-semana e não só.

Um pouco de banda desenhada:

  • Airborne 44 de Philippe Jarbinet
    Já conhecia esta série depois de ter lido na L’immanquable n°6 (06.2011) o álbum n.º 3. Apenas li o primeiro ciclo (Onde os Homens CaemO Amanhã Será Sem Nós) desta excelente série com desenhos, textos e cores de Philippe Jarbinet. Adorei a leitura – admirável.

    Para o próximo fim-de-semana será lido o segundo ciclo.

  • Mulher-Maravilha: Terra Um de Grant Morrison e Yanick Paquette – da nova colecção da Levoir, Mulher-Maravilha, não me convenceu pela história, com pouco ritmo; adorei , contudo, a arte.
  • Trolls de Troy: L’or des trolls [tome 21] – como sempre é uma leitura divertida (lida nas revistas Lanfeust Mag n.193 a n.199)

Depois foi um pouco de fantasia:

  • Elric – O Príncipe dos Dragões de Michael Moorcock
  • Nove Príncipes de Âmbar de Roger Zelazny
    Descobri o mundo fantástico de Âmbar através do livro The Great Book of Amber.
    Em 2008 comecei a reler As Crónicas de Âmbar através da colecção Argonauta, que em 2001 no seu  n.º 521 editou, Nove Príncipes em Âmbar. Não terminei (a razão).Volto novamente à carga em português com a edição da Saída de Emergência.

livros

  • Comboio Fantasma Para o Oriente de Paul Theroux – adorei. realmente magistral. fiquei viciado.
  • As Fabulosas Aventuras de Solomão Kane de Robert E. Howard – leitura muito agradável. Este livro, editado pela Saída de Emergência, é composto pelos contos:
    – As Caveiras nas Estrelas (Skulls in the Stars) [1929]
    – A Mão Direita do Destino (The Right Hand of Doom) [1968]
    – O Chocalhar de Ossos (Rattle of Bones) [1929]
    – A Lua de Caveiras (The Moon of Skulls) [1930]
    – As Colinas dos Mortos (Hills of the Dead) [1930]
    – Asas na Noite (Wings in the Night) [1932]
    – Os Passos no Interior (The Footfalls Within) [1931]
    e pelo poema:
    – O Regresso a Casa de Salomão Kane(Solomon Kane’s Homecoming) [1936]
  • Eu Sou a Lenda (I Am Legend) [1954].
    Editado pela Saída de Emergência, este livro com textos de Richard Matheson, além do excelente romance que lhe dá nome, ainda tem os contos:
    – Nascido de Homem e Mulher (Born of Man and Woman) [1950]
    – Presa (Prey) [1969]
    – Perto da Morte (The Near Departed) [1987]
    – Pesadelo a 20.000 Metros de Altitude (Nightmare at 20,000 Feet) [1962]
    – Os Filhos de Noé (The Children of Noah) [1957] – conto previamente lido, salvo erro, na colecção Biblioteca Hitchcock do Círculo de Leitores.
  • O Peso do Coração de Rosa Montero – adorei ler esta aventura, daí que o segundo volume conste da minha lista de desejos.

comboio-fantasma para o oriente de paul theroux

Standard

Demorei algum tempo a iniciar a leitura do livro Comboio-Fantasma Para o Oriente de Paul Theroux (edição Quetzal), mas agora estou mais do que viciado – fascinante, mágico.

Para já destaco o capítulo 3 – O Ferry Para Besiktas e o capítulo 6 – Comboio Nocturno para Bacu (como me posso esquecer de Baku – Últimos Dias de Olivier Rolin)

Mais apontamentos se necessário.

mais leituras de 2017

Standard

Tokyo Ghoul, volume VI de Sui Ishida – ainda não desaponta.
Super-Homem & Apocalipse: Caçador e Presa – 7.º volume da colecção “No coração das Trevas DC” nada de especial.
Hulk: Destruição Total – 41.º volume Colecção Oficial de Graphic Novels Marvel foi uma leitura bué de divertida.

upDATE_2017.04.26
Dança, Dança, Dança de Haruki Murakami – tendo como narrador o protagonista de Em Busca do Carneiro Selvagem, este livro pretende elucidar algumas pontas soltas, e é outro livro maravilhoso do escritor japonês.

upDATE_2017.05.07
Crónica do Pássaro de Corda de Haruki Murakami – adorei. Sublime.

upDATE_2017.05.13
Um Dia de Cólera de Arturo Pérez-Reverte – bom, como sempre.
Joker: O Asilo do Joker – 8º volume da colecção “No coração das Trevas DC”
Mal Eterno 1 – 9.º volume da colecção “No coração das Trevas DC”
Mal Eterno 2 – 10.º volume da colecção “No coração das Trevas DC”

aquisições e leituras

Standard

Aqui tenho alguns dos livros adquiridos na semana passada.

Entretanto o que li foi:

  • Tokyo Ghoul, volume III de Sui Ishida
  • Tokyo Ghoul, volume IV de Sui Ishida
  • Tokyo Ghoul, volume V de Sui Ishida – cada vez mais divertido.
  • Esquadrão Suicida: Disciplina e Castigo – o 5º volume da colecção “No coração das Trevas DC” foi um desilusão. Uma enorme confusão narrativa. Personagens sem consistência.
  • Joker & Harley Quinn: Amor Louco de Paul Dini e Bruce Timm – 6º volume da colecção “No coração das Trevas DC” até à data a melhor leitura. Diversão pura.

where are we going edited by allen ashley

Standard

Where Are We Going edited by Allen Ashley está a ser lido.

Vou comentar cada conto com o máximo de 10 palavras.

  • Dead Countries – Gary Budgen
  • A Faraway City – Joel Lane
  • The Way the World Works – Ian Sales
  • A Guide to Surviving Malabar – Ian Shoebridge
  • The Human Map – Andrew Hook
  • Journey to the Engine of the Earth – Terry Grimwood
  • The Discord of Being – Alison J. Littlewood
  • Xana-La – Stephen Palmer
  • At the Rail – Andrew Coburn
  • The Bridge – A. J. Kirby
  • The Chain – Frank Roger
  • Our Island – Ralph Robert Moore
  • Underpass – Daniella Geary
  • Overnight Bus – Marion Pitman
  • Wake with the Light – Jet McDonald
  • Future Prospects (Poem) – Geoff Stevens
  • Entanglement – Douglas Thompson

upDATE_2017.04.27
Outra antologia com imensa qualidade. Allen Ashley sabe o que faz; a Eivonvale Press publica o que deve.