coisas de mário de sá-carneiro

Standard

… E a janela aberta, ampla, insondável, sobre a noite – lagoa-pelúcia, orquídea velado do meu Capricho…
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Vá! Leoninamente – dum jacto!…
O grande salto!… ao Segredo… na Sombra… para sempre… e a Ouro!… a Ouro!… a Ouro!…

A Grande Sombra

Na tua vida, meu amor, eu não fui sequer alguém que passou, alguém que surgiu – fui um desaparecido.

Mistério

Consegui tornar infinito o universo – que todos chamam de infinito, mas que é para todos um campo estreito e bem murado.

O Homem dos Sonhos

… Todos os meus versos, libertos enfim, tinham resvalado do meu caderno – por voos mágicos!…

Asas

Mário de Sá-Carneiro

Anúncios

deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s