zé do porco

Standard

A disparar “fotograficamente” por Barcelos deparo que estou numa rua que visitava com alguma regularidade na minha adolescência. O motivo era simples: a tasca “Zé do Porco” para jogar matraquilhos.

E aquele que nunca pecou que diga: nunca fui ao “Zé do Porco”.

Anúncios

deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s