a casa quieta

Standard

Um casal ri, a subir. Um homem de ar preocupado consulta o telemóvel. Mariana procura adivinhar que problema lhe provoca aquela ruga na testa. Quem será. Como se chamará. A vida dos ouros parece-lhe agora interessante. A vida parece-lhe interessante. Eles sobem, ela desce. Eles sobem.[1]

 

Foi livro que não conseguir ler.
Nesta altura do campeonato não consigo ler livros que me obrigam, pela forma como estão escritos, “poeticamente”, a uma grande concentração.
A culpa não é de Rodrigo Guedes de Carvalho e muito menos d’ “A Casa Quieta”. O culpado apenas eu.

informações
pág. 186 [1]

Anúncios

deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s