3 graphic novels

Standard

Há histórias de banda desenhada que devido à sua qualidade gráfica e/ou a argumentos inteligentes se lêm e relêm em qualquer altura.

joker

joker

The Killing Joke [1988] (A Piada Mortal) com o texto de Alan Moore e desenhos de Brian Bolland é um destes exemplos. E apesar desta graphic novel ser “one-shot” mudou o universo DC.

De todas as histórias que li com o Joker esta continua, ainda, a ser a melhor. São os textos. São os desenhos. É o conjunto. Possuo a edição brasileira da Editora Abril (Série Graphic Novel, n.º 5, Set/1988) que além de ter uma tradução excelente, respeitou o formato da novela original. Sou, pois, um sortudo.

Se Alan Moore é hoje mais conhecido fora do circuito de banda-desenhada graças ao filme Watchmen baseado na novela gráfica com o mesmo nome publicada em 1986, com o argumento de Alan Moore e os desenhos de Dave Gibbons, a sua contribuição vai para além disso. Felizmente.

Temos V for Vendetta, a recriação da personagem Swamp Thing e a criação do formidável John Constantine, The League of Extraordinary Gentlemen entre tantas outras contribuições.

De Brian Bolland, também, conheço o seu trabalho em Camelot 3000, que puderei falar noutra altura.

moebius, galactus

galactus

Outro exemplo é a novela gráfica “Silver Surfer: Parable” [1988] por Moebius e Stan Lee. É uma obra memorável, mas claro que tem dois pontos a seu favor:

  • Stan Lee um dos gigantes dos comics books
  • Jean Giraud aka Moebius um dos gigantes da banda-desenhada europeia

Li a muito boa edição da Editora Abril (Graphic Novel, n.º 11, 1989). É admirável passear pela aventura, pelos inconfundíveis desenhos de Moebius que salientam a linda poesia dos textos de Stan Lee.

Descobri o trabalho de Moebius com o espectacular – “Les Yeux du Chat” (1978) – “Os Olhos do Gato” (edição da Martins Fontes, Brasil) em colaboração com Alejandro Jodorowsky. E depois seguiram-se as aventuras do Incal, também em colaboração com Alejandro Jodorowsky. Depois foi Arzach, L’Homme est-il bon?, Le Garage Hermétique e como Giraud, com Charlier, as aventuras do Tenente Blueberry.

Sobre Stan Lee há pouco ou muito a dizer.
Foi o criador em colaboração com outros, especialmente Jack Kirby e Steve Ditko, do Homem-Aranha, dos X-Men, do Hulk, dos Fantastic Four, do Iron Man, do Thor, do Daredevil, do Doctor Strange e de outros tantos mais.

moby dick

moby dick

O terceiro exemplo é a novela gráfica Moby Dick (1990), uma adaptação de Bill Sienkiewicz e com o texto de D.G. Chichester. Este desenhador é possuídor de um traço inconfundível. Com uma grande mestria conseguiu integrar nos comics pinturas a óleo e técnicas de colagem. Não me lembro de ver algo semelhante exceptuando Vicente Segrelles com o seu Mercenário.

Cada prancha de Moby Dick – a edição na minha posse é da colecção Classic Illustrated, n.º 1 da Editora Abril, 1990) – é por si só uma obra de arte. A primeira vez que tomei conhecimento com o seu estilo foi numa história que narra a origem de um inimigo do Batman (assim que descobrir a revista irei falar dela) e o nome do desenhador ficou-me no canto do olho.

Existe igualmente um novela gráfica do Daredevil com desenhos/pinturas de Bill Sienkiewicz. Ainda não a encontrei.[1] É um desenhador que nos obriga a olhar para cada página com cuidados redobrados.


[1] o que me faz pensar que ainda possa, talvez, estar em mãos estranhas.
Anúncios

2 thoughts on “3 graphic novels

  1. Piada mortal, grande livro! Pena a edição portuguesa da Devir ser tão pobrezinha… o livro até passou despercebido!
    Silver Surfer Parable, outro grande livro com um tratamento ainda mais pobre que o primeiro… desta vez a culpa recai em cima dos editores brasileiros (uma Graphic Novel em formato Comic!!!!!)
    Por isso, e infelizmente, grandes têm de ser importadas se quisermos possuí-las em todo o seu esplendor!
    E para finalizar… espero que Giraud não vá desta para melhor enquanto não escrever o último livro do Blueberry 😀

    Abraço

    Liked by 1 person

deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s