as vitórias da lógica

Standard

A braseira apagara-se quase. Eu fitava olhos vagos na lívida e mesquinha chama, que uma acha, quase totalmente consumida, expectorava com intermitências prolongadas. Mentalmente, comparava aquela chama ao olhar de um moribundo, que ora se acende com débil luz da Saudade, ora se apaga com a sombria resignação dos vencidos.

directamente da página 89

Deste Sherlock Holmes em português nem sei o que dizer. Não nego o prazer que foi ler novas aventuras de Sherlock Holmes apesar de não escritas por Conan Doyle, mas no fim fiquei com uma sensação de, digamos, “boca seca”.


As Vitórias da Lógica, Gustaf Adolf Bergström
Livros do Brasil, Colecção Vampiro (n.º 658), Lisboa, 2002
Anúncios

One thought on “as vitórias da lógica

deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s