um minuto

Standard

Meu Deus. Um minuto inteiro de felicidade. Afinal, não basta isso para encher a vida inteira de um homem?…

Fédor Dostoievski, Noites Brancas
editor: Publicações Europa-América, Colecção Grandes Obras, n.º52, Mem Martins, 3ª edição (jan.2000), pág. 140
tradutor: Carlos Loures
isbn: 972-1-01607-1

Anúncios

deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s